NOSSO BLOG

Generic selectors
Exact matches only
Search in title
Search in content
Post Type Selectors

O que é ortodontia e quais são os tipos de tratamento ortodôntico? Vamos te contar tudo! 

Ortodontia é a especialidade odontológica focada na correção da posição dos dentes e maxilares. Neste artigo, exploramos como os tratamentos ortodônticos aprimoram a estética e melhoram funções vitais como mastigação e fala, promovendo um bem-estar duradouro. 

Você já parou para pensar como um sorriso pode mudar tudo? A Ortodontia não é apenas sobre estética; é uma sobre saúde geral, funcionalidade e, claro, um sorriso que abre portas. Este ramo da odontologia vai muito além de alinhar dentes; ele corrige disfunções que muitas pessoas sequer sabem que possuem. Neste artigo explicar sobre os diversos tratamentos ortodônticos e mostrar como eles podem melhorar sua qualidade de vida. 

Quer descobrir como essa especialidade pode te ajudar a conquistar não apenas um sorriso harmonioso, mas uma saúde melhor? Continue a leitura! 

beautiful young woman with teeth braces 1

Ortodontia é a especialidade odontológica que realiza tratamentos com a finalidade de corrigir a posição dos dentes e dos ossos dos maxilares.  

Hoje, é muito comum que as pessoas procurem o tratamento ortodôntico por conta da má posição dos dentes e dos ossos da face.  

Além disso, alguns problemas também são descobertos durante a consulta, como diversos tipos de mordida errada e desgaste dos dentes. Todos esses problemas podem ser tratados através da Ortodontia, como veremos a seguir.  

Quais são os problemas tratados pela ortodontia?  

  • Dentes tortos ou mal posicionados. 
  • Diastema: espaço entre dois ou mais dentes. 
  • Mordida cruzada: dente superior cruzado em relação ao dente inferior. 
  • Mordida aberta: os dentes anteriores superiores não tocam os anteriores inferiores. 
  • Sobremordida: os dentes superiores escondem os inferiores. 
  • Retrognatismo: o queixo ou a mandíbula encontram-se muito para trás em relação à maxila. 
  • Apinhamento: agrupamento dos dentes por falta de espaço na boca, deixando-os tortos e fazendo com que sobreponham um ao outro. 
  • Prognatismo: o osso da mandíbula cresce em excesso e o queixo aparenta estar muito à frente da maxila (apesar de haver a possibilidade de tratar estes casos através da ortodontia, na maioria das vezes, a melhor indicação é a cirurgia ortognática).  

IMG 1 Barini O que e Ortodontia

Quais são os benefícios do tratamento ortodôntico? 

Esse tratamento traz benefícios além da estética, melhorando diversas funções, como mastigatória, estética e a da fala. Confira melhor a seguir. 

Melhora da saúde bucal 

Quem sofre com o apinhamento, por exemplo, tende a ter cáries e mau hálito com mais facilidade devido à dificuldade de higienização. Dentes alinhados e bem-posicionados facilitam a limpeza bucal. 

Melhora da mastigação 

Os diversos tipos de mordida errada causam disfunção na mastigação, pois, alguns dentes são usados mais que outros, enquanto os que deveriam realizar determinadas funções, são deixados de lado. Por isso, o alinhamento dos dentes e a melhoria da mordida favorecem uma melhor mastigação, pois cada dente passa a ser utilizado conforme sua função

 

Melhora da fala 

Você sabia que os sons que emitimos são a junção do ar que sai dos nossos pulmões com a forma com que tocam os dentes? Por isso, dentes mal posicionados podem gerar dificuldade na formação de alguns sons, e o alinhamento vem para recuperar essa função. 

Diminuição de dores 

A mordida errada pode causar disfunção na articulação temporomandibular, fazendo com que alguns músculos trabalhem mais que outros, causando, assim, dores na região da face, como enxaqueca. O alinhamento da mordida também visa diminuir ou eliminar esses incômodos.  

Melhora estética 

Esse é um dos resultados mais esperados pelos pacientes ortodônticos. Dentes desalinhados e tortos tendem a causar insatisfação no paciente ao se olhar no espelho, sorrir e tirar fotos. O tratamento ortodôntico promove melhora significativa na estética, elevando a autoestima e promovendo um bom astral.  

 

beautiful male smile generative ai

Como o tratamento ortodôntico funciona?  

São realizadas diversas etapas, e o tempo do tratamento ortodôntico varia de acordo com cada caso. Veja a seguir: 

Diagnóstico 

Por meio de uma avaliação e exames de imagem, o ortodontista irá identificar a necessidade do paciente e planejar como será o tratamento, além de explicar tudo que ele precisa saber antes de iniciar o tratamento.  

Colocação do aparelho 

Nesta etapa, pequenos suportes chamados bráquetes são colados em cada dente, e fios ortodônticos são passados através deles para exercer pressão e mover os dentes. Durante essa etapa, o ortodontista também fornece orientações sobre a continuidade do tratamento, incluindo cuidados com o aparelho e instruções sobre higiene bucal

closeup young woman with braces dental checkup

Manutenção 

As consultas regulares ao ortodontista são essenciais para acompanhar de perto o progresso do tratamento. Durante elas, o ortodontista pode ajustar o plano de tratamento, se necessário, e realizar trocas das borrachinhas para reativar a pressão exercida pelo aparelho. Essa manutenção é fundamental para garantir que os dentes continuem a se movimentar de forma adequada e eficaz, promovendo resultados satisfatórios no tempo esperado. 

Finalização 

Após o alinhamento dos dentes e a correção da mordida, chega o momento da remoção do aparelho e do início dos cuidados para manter o novo sorriso. Nessa fase, o ortodontista recomenda o uso de contenção ortodôntica. Esses dispositivos são essenciais para evitar que os dentes voltem a se movimentar para suas posições originais, garantindo assim a estabilidade do resultado obtido com o tratamento ortodôntico.

Saiba um pouco mais sobre o tempo de duração do tratamento ortodôntico no vídeo abaixo com o Dr. Pedro Barini

Quais são os tipos de ortodontia? 

O tratamento ortodôntico pode ser preventivo, interceptivo ou corretivo. Saiba melhor sobre a função de cada um deles a seguir. 

Preventiva 

A ortodontia preventiva tem como objetivo influenciar o crescimento dos dentes e ossos da face desde cedo, com o propósito de evitar futuros problemas de alinhamento dos dentes e da mordida. Seu foco principal é identificar e corrigir irregularidades enquanto os dentes estão em desenvolvimento, visando evitar a necessidade de tratamentos mais invasivos, como o uso de aparelhos ortodônticos, extrações ou cirurgias.  

É realizada durante a infância, quando os dentes ainda estão em formação. É comum o uso de aparelhos removíveis para preservar o espaço quando um dente cai antes do esperado. Além disso, estratégias educativas são adotadas para eliminar maus hábitos que podem contribuir para problemas de mordida, como chupar o dedo, morder objetos e utilizar chupetas por períodos prolongados. 

Esse cuidado é promovido pela Campanha Julho Laranja, que visa conscientizar sobre o tratamento ortodôntico precoce. 

Interceptiva 

A ortodontia interceptiva é uma abordagem graduada que busca corrigir problemas de mordida assim que são identificados, em estágios iniciais, para evitar complicações futuras na formação craniofacial em adultos.  

Utilizando o crescimento natural dos dentes, essa técnica intervém em questões de oclusão durante duas situações principais: preservando os dentes decíduos quando há má oclusão, e quando a extração desses dentes pode permitir a correção desses problemas durante o crescimento

adolescente com aparelho nos dentes closeup de um sorriso

Corretiva 

Já a ortodontia corretiva é o tipo mais comum de tratamento ortodôntico e é indicado para corrigir problemas de alinhamento e oclusão na dentição permanente. 

Utilizando aparelhos ortodônticos móveis ou fixos, os dentes e os ossos da mandíbula e maxilar são gradualmente reposicionados para corrigir irregularidades como apinhamento, mordida aberta, diastema e outros tipos de má oclusão. 

 

O tratamento ortodôntico torna a boca mais saudável, proporciona uma aparência mais agradável e dentes com possibilidade de durar a vida toda. 

Conselho Regional de Odontologia de São Paulo 

 

Dentista e ortodontista – qual a diferença?  

Tanto o dentista quanto o ortodontista são profissionais formados em Odontologia, a diferença é a especialização.   

O dentista não necessariamente é um profissional da Ortodontia, já o ortodontista, realizou essa capacitação e está apto para realizar tratamentos ortodônticos.  

Sinais de que você pode precisar de um ortodontista  

  • Dentes tortos ou mal posicionados. 
  • Espaço entre os dentes. 
  • Falta de espaço na boca causando o ajuntamento dos dentes. 
  • Maxilar muito para frente ou muito para trás. 
  • Estalos na mandíbula. 
  • Dificuldade na fala ou mastigação.  

Agora que você compreende a importância da ortodontia e como ela pode melhorar sua saúde bucal e estética facial, lembre-se de que sinais como problemas de alinhamento dos dentes ou da mordida não devem ser ignorados.  

Agende uma avaliação na Barini Odontologia, onde o Dr. Pedro Barini, especialista em tratamento ortodôntico, está preparado para oferecer o melhor cuidado possível. Com uma estrutura completa e dedicada ao seu conforto, estamos aqui para ajudá-lo a alcançar um melhor sorriso. 

 

FAQ 

  1. O que é ortodontia?  

Ortodontia é a especialidade odontológica focada na correção da posição dos dentes e maxilares, visando melhorar a estética e a funcionalidade da boca e da face por meio de tratamentos ortodônticos. 

    2. Quais são os tipos de tratamento ortodôntico?  

Existem três tipos principais de tratamento ortodôntico: preventivo, interceptivo e corretivo. O tratameto ortodôntico preventivo visa orientar o crescimento dos dentes e ossos da face desde cedo para evitar problemas futuros. O tratameto ortodôntico interceptivo intervém em problemas de mordida em estágios iniciais, enquanto o tratameto ortodôntico corretivo é indicada para corrigir problemas de alinhamento e oclusão na dentição permanente. 

     3. O que a ortodontia trata?  

A ortodontia trata uma variedade de problemas relacionados à posição dos dentes e dos ossos maxilares, incluindo dentes tortos, espaços entre os dentes, má oclusão, mordida cruzada, mordida aberta, sobremordida, apinhamento, prognatismo, entre outros. Os tratamentos ortodônticos visam melhorar a estética do sorriso e promover uma melhor saúde bucal e funcionalidade da boca e da fala.

 

Generic selectors
Exact matches only
Search in title
Search in content
Post Type Selectors

Veja mais

Deixe seu Whatsapp que entraremos em contato com você

Agende Sua Avaliação