Será que você tem a mordida errada?

Morder faz parte da nossa rotina e, na maioria das vezes, fazemos de forma automática. Por isso, a maioria de nós nem faz ideia que cada dente possui uma função específica na mastigação, como triturar, rasgar e cortar alimentos, você sabia?

Por não saber disso, muitas pessoas têm a mordida incorreta sem nem se dar conta disso. Isso acontece devido ao mau alinhamento dos dentes e acaba causando dificuldades nas ações básicas do dia a dia como falar e mastigar. Esse problema é conhecido como ‘mordida errada’.  

Apesar de ser um problema comum, a maioria das pessoas só procura um profissional para corrigir a mordida errada por questões estéticas ou quando surgem consequências ou sinais como as temíveis dores de dente, dor de cabeça ou na região mandibular, dificuldade para mastigar, respirar, além de outros desconfortos.  

COMO SABER O MEU TIPO DE MORDIDA? 

Para saber se a sua mordida é correta o ideal é você consultar um ortodontista. Conheça abaixo os tipos de mordida. Mas lembre-se que só um profissional qualificado pode fazer o diagnóstico preciso e indicar o melhor tratamento para cada caso. 

TIPOS DE MORDIDA ERRADA 

A mordida errada pode ocorrer tanto porque a pessoa não tem ou não utiliza todos os dentes, utilizando apenas um lado para a alimentação (mastigação unilateral), quanto por um desvio de mordida. Confira: 

Prognatismo: acontece quando o osso da mandíbula inferior cresce em excesso, dando a impressão de o queixo estar projetado para frente. A parte inferior dos dentes ultrapassa a linha da parte superior. 

Retrognatismo: ao contrário do prognatismo, aqui, a mandíbula encontra-se retraída. O queixo fica para trás e afundado e o maxilar superior é maior que o inferior. 

Mordida aberta: na mordida aberta, os dentes superiores e inferiores não se tocam. É mais comum nos dentes da frente, mas pode acontecer com os dentes de trás também.  

Mordida fechada: acontece, principalmente, em razão do desgaste dos dentes. Quando o desgaste é excessivo, pode provocar a desintegração parcial do tecido facial, deixando a pessoa com o aspecto envelhecido, como se não tivesse dentes. 

Sobremordida ou mordida profunda: ocorre quando os dentes superiores se sobrepõem aos dentes inferiores, deixando-os escondidos.  

Mordida cruzada: é o desencontro entre os dentes superiores e inferiores. Acontece quando, ao fechar a boca, os dentes ficam desalinhados, tendendo ‘pra fora’ (mais perto da bochecha) ou ‘pra dentro’ (mais perto da língua).  

Apinhamento: acontece quando há pouco espaço para a acomodação dos dentes, seja pela base óssea diminuída ou pelo aumento do volume dentário. Eles ficam desalinhados, tortos ou encavalados. É um dos problemas mais comuns na ortodontia. 

Diastema: quando há espaço de sobra entre dois ou mais dentes, formando pequenas lacunas.  

As dores maxilares, problemas respiratórios e muito mais pode ocorrer devido à mordida errada.

AS CONSEQUÊNCIAS DA MORDIDA ERRADA PARA SUA SAÚDE 

Sabe aquela dor de cabeça que nunca passa e você não descobre a causa? Pode ser a mordida errada. Problemas na fala e na respiração, dificuldade para mastigar certos tipos de alimentos, dor de cabeça, dor de dente constante,  dor na região mandibular, fratura ou perda precoce dos dentes e dor de ouvido são algumas das consequências recorrentes da mordida errada.
A mordida errada também afeta a qualidade do sono, por conta do bruxismo, e o bom funcionamento do sistema digestivo, já que interfere na mastigação correta dos alimentos.
O alinhamento desordenado dos dentes também compromete a eficácia da escovação, causando acúmulo de placa bacteriana, cáries e mau hálito.
Além dos desconfortos físicos, há a questão estética. Em alguns casos, a mordida errada gera assimetria facial, afetando a autoestima da pessoa e interferindo nas suas relações pessoais, afetivas e profissionais. 

MORDIDA ERRADA PODE CAUSAR PERDA DOS DENTES? 

Mastigar de forma errada, pode fazer com que a pessoa acabe utilizando muito alguns dentes e deixando outros de lado. Essa disfunção pode ocasionar em problemas bucais, que, se não tratados, podem levar à perda do dente. 

QUAIS AS CAUSAS DA MORDIDA ERRADA?  

Não há causas específicas para o surgimento da mordida errada. Ela pode ter a sua origem em fatores genéticos ou estar relacionada a hábitos comuns da infância como chupar o dedo ou o uso prolongado da mamadeira. A mordida errada pode acontecer em qualquer idade, comprometendo a qualidade de vida do paciente. Quanto antes for o diagnóstico, melhor.

MORDIDA ERRADA TEM TRATAMENTO?  

Sim, a mordida errada tem tratamento. Após avaliação e exames, o seu dentista vai indicar o procedimento mais adequado para a correção do problema. Na maioria dos casos, o uso de aparelhos ortodônticos resolve. Há também a possibilidade da extração de dentes, da restauração e, nos casos mais complexos, a cirurgia.  

QUANTO TEMPO DURA O TRATAMENTO PARA CORREÇÃO DA MORDIDA? 

A duração do tratamento para a correção da mordida errada varia bastante. Vai depender da idade do paciente, das suas condições de saúde, do tipo de mordida errada que ele apresenta e da complexidade do problema. Só um profissional qualificado pode fazer essa estimativa. 

IMPORTÂNCIA DA ORTODONTIA NA CORREÇÃO DAS MORDIDAS ERRADAS 

Na odontologia, a especialidade que previne e corrige a mordida errada e problemas relacionados ao alinhamento dos dentes é a ortodontia.  

A forma mais eficaz de prevenir e diagnosticar a mordida errada é fazendo visitas regulares ao seu dentista de confiança. Só uma avaliação profissional pode identificar a mordida errada e o melhor tratamento para a sua correção. É importante ressaltar que nunca é tarde para buscar o tratamento.  Ao menor sinal de desconforto, entre em contato com a gente. A nossa equipe está pronta para atender você. 

DICA DO ESPECIALISTA:
Pessoas com a mordida errada precisam redobrar os cuidados com a higiene bucal. O desalinhamento dos dentes pode dificultar o processo de limpeza, causando acúmulo de placa, cárie e mau hálito. Escove os dentes ao menos três vezes por dia e use sempre o fio dental. E o mais importante: faça visitas regulares ao dentista para a limpeza profissional.  

Dr. Pedro Barini especialista em tratamentos odontológicos em Goiânia-GO
Dr. Pedro Barini
Ortodontista
CRO-GO 3286